Tradução: George MacDonald #68

Olá pessoal!

O trecho de hoje fala a respeito do fato de vermos as coisas do mundo como preciosas e importantes assim como Deus as vê caso estejamos nEle. Enquanto traduzia lembrei-me de uma citação de C. S. Lewis, o organizador dessa antologia de George MacDonald. Infelizmente não vou me lembrar de qual livro dele copiei esse trecho, mas acho pertinente colocá-la aqui mesmo assim: “Acredito no cristianismo como acredito que o sol nasce; não apenas porque eu o vejo, mas porque é através dele que eu vejo todo o restante.

056_01

Continuar lendo

Tradução – Jesus is Alive – Ron Kenoly

Olá pessoal!

Muitas músicas aparecem em meu novo livro Jehanne. Algumas delas são instrumentais, ou em português ou em finlandês, mas a maioria delas é em inglês. Por conta disso, decidi traduzir essas faixas e publicá-las aqui mesmo para tentar emular algo que alguns personagens fazem. Assim podem ter acesso ao conteúdo das letras e, claro, de algumas das muitas canções que têm papel importante nessa minha obra tão querida.

Caso queiram ter pequenos vislumbres de Jehanne, podem me seguir pelo Facebook, ou pelo Google+, ou pelo Twitter porque eventualmente publicarei pequenos trechos do livro junto com o link para as páginas das traduções. Ou podem simplesmente adquirir o livro seguindo as instruções desta página.

Ron Kenoly é um músico cristão norte-americano do qual algumas composições possuem versões em português. Esta, por um acaso, é uma delas. “Jesus is Alive” é a faixa título de seu primeiro disco lançado em 1991, mas a versão que mais ouvi é esta que compartilho do álbum “God is Able” gravado ao vivo em 1994.  Esse disco é recheado com grandes músicos como Chester Thompson do Genesis, Abraham Laboriel e Alex Acuña.

 

Continuar lendo

Tradução: George MacDonald #66

Olá pessoal!

Este excerto diz que não é nada fácil entrarmos nesta nova vida de que fala Cristo. Ele compara belamente a dificuldade do caminho (título do sermão do qual foi retirado esse trecho) com a dificuldade que o próprio Mestre teve em falar disso. A imagem de Tiago, filho de Zebedeu, que escolhi para ilustrar mostra o apóstolo como um peregrino, disposto a passar pelo caminho em questão.

Saint James the Greater, by Rembrandt
“São Tiago Maior” de Rembrandt.

Continuar lendo