Melancolia

Escrito por Thiago de Paula Cruz

076_01
Foto de Callee MacAulay.

O azul desespero
Que congela a alma
Não lhe enche de medo?

Pois não é bem cedo
Que se vai sua calma
No azul desespero?

O espírito preso
Sob pesada arma
Não lhe enche de medo?

Não ergue o dedo
Ao não ser amada,
Em azul desespero?

Não ter nada ameno
Pra ser amparada
Não lhe enche de medo?

Mas há amor pleno!
Sob luz, aliviada,
O azul desespero
Não lhe enche de medo.